QUEM SOU EU

Não que algumas vitórias deem alguma autoridade para falar sobre Sumo mas, apenas para que me conheçam melhor, apresento o currículo que tenho usado quando preciso correr atrás de alguma coisa (patrocínio, por exemplo).


CURRÍCULO
Tempo de treinamento: 26 anos

Local de treinamento: Associação Esportiva Amantes de Sumo de São Paulo (Av. Pres. Castelo Branco, 5446 - 01142-200 - São Paulo – SP). Associação Ligada à Federação Paulista de Sumô e à Confederação Brasileira de Sumô.

Treinos fora do Brasil: 
05/07/92 a 18/07/92 – treinos em Tóquio, Nagoya e Mie/Japão com equipes locais. 
15/08/99 a 21/08/99 – treinos em Aichi/Japão no Hiratsuka Training Center (participando da seleção brasileira juvenil) com atletas de 14 outros países. 
20/12/07 – treino com a seleção argentina de Sumo em Buenos Aires/Argentina. 
11/12/11 – treino com atletas uruguaios em Montevidéu/Uruguai.
16 à 19/02/2013 - conduziu seminário na Venezuela 

Graduação: 3o dan 

Títulos em campeonatos regionais: 
- 75 vezes entre os três primeiros colocados.

Títulos em campeonatos nacionais:
- 34o Campeonato Brasileiro (22-23/07/95): 1º Lugar categoria mirim 
- 21o Campeonato Brasileiro Mirim-Infanto-Juvenil (21/02/99):  Lugar juvenil 
- 39o Campeonato Brasileiro (22-23/07/00):  Lugar categoria juvenil 
- 40o Campeonato Brasileiro (29/07/01):  Lugar categoria juvenil 
- 41o Campeonato Brasileiro (jul/02):  Lugar categoria peso médio (85kg até 115kg) 
- 41o Campeonato Brasileiro (jul/02): 1º Lugar categoria por equipes 
- 42o Campeonato Brasileiro (26-27/07/03):  Lugar categoria peso médio (85kg até 115kg) 
- 42o Campeonato Brasileiro (26-27/07/03): 1º Lugar categoria absoluto (sem limite de peso) 
- 42o Campeonato Brasileiro (26-27/07/03): 1º Lugar por equipes 
- 43o Campeonato Brasileiro (17-18/07/04): 1º Lugar categoria peso médio (85kg até 115kg) 
- 43o Campeonato Brasileiro (17-18/07/04): 1º Lugar geral por equipes 
- 44o Campeonato Brasileiro (26-27/07/05):  Lugar categoria peso médio (85kg até 115kg) 
- 45o Campeonato Brasileiro (22-23/07/06):  Lugar categoria peso médio (85kg até 115kg) 
- 45o Campeonato Brasileiro (22-23/07/06):  Lugar categoria por equipes 
- 46º Campeonato Brasileiro (21-22/07/07): 1º  Lugar categoria absoluto (sem limite de peso) 
- 46º Campeonato Brasileiro (21-22/07/07):  Lugar por equipes 
- 47º Campeonato Brasileiro (19-20/07/08): 1º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg) 
- 47º Campeonato Brasileiro (19-20/07/08):  Lugar categoria absoluto (sem limite de peso) 
- 47º Campeonato Brasileiro (19-20/07/08):  Lugar por equipes 
- 48º Campeonato Brasileiro (25-26/07/09): 1º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg) 
- 48º Campeonato Brasileiro (25-26/07/09): 1º Lugar categoria absoluto (sem limite de peso) 
- 48º Campeonato Brasileiro (25-26/07/09):  Lugar por equipes
- 49º Campeonato Brasileiro (24/07/2010): 1º  Lugar categoria absoluto (sem limite de peso)
- 49º Campeonato Brasileiro (24/07/2010):   Lugar por equipes
- 50º Campeonato Brasileiro (23/07/2011): 1º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg)
- 51º Campeonato Brasileiro (21 - 22/07/2012): 3º  Lugar categoria absoluto (sem limite de peso)
- 51º Campeonato Brasileiro (21 - 22/07/2012): 1º  Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg)
- 52º Campeonato Brasileiro (20 - 21/07/2013): 1º Lugar categoria absoluto (sem limite de peso)
- 52º Campeonato Brasileiro (20 - 21/07/2013):  Lugar por equipes
- 53º Campeonato Brasileiro (19 - 20/07/2014): 1º Lugar por equipes
- 53º Campeonato Brasileiro (19 - 20/07/2014): 1º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg) 

Títulos em campeonatos continentais:
- 5o Campeonato Sul-Americano (06/08/00 – Pirapó/Paraguai): 1º Lugar categoria juvenil 
- 10o Campeonato Sul-americano (07/08/05 – Pirapó/Paraguai): 1º Lugar categoria peso médio (85kg até 115kg) 
- 10o Campeonato Sul-americano (07/08/05 – Pirapó/Paraguai): 1º Lugar por equipes 
- 14º Campeonato Sul-americano (17/10/09 – Buenos Aires/Argentina): 1º  Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg) 
- 14º Campeonato Sul-americano (17/10/09 – Buenos Aires/Argentina): 1º  Lugar categoria absoluto (sem limite de peso) 
- 14º Campeonato Sul-americano (17/10/09 – Buenos Aires/Argentina): 1º  Lugar por equipes
- 15º Campeonato Sul-americano (24/07/2011):  1º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg)
- 16º Campeonato Sul-americano (22/07/2012):  3º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg)
- 16º Campeonato Sul-americano (22/07/2012):  3º Lugar categoria absoluto (sem limite de peso)
- 16º Campeonato Sul-americano (22/07/2012):  1º Lugar por equipes

Colocação em campeonatos mundiais:
- 1o Campeonato Mundial Juvenil (21/08/99 – Tóquio/Japão):  Lugar peso médio (75kg até 100kg) 
- 8 º World Games (18-19/10/09): 5º Lugar categoria peso pesado (acima de 115 kg) 
- 1º SportAccord Combat Games (28-29/08/2010 - Pequim/China): 5º Lugar categoria absoluto (sem limite de peso)

Participações na Seleção Brasileira de Sumo como Atleta: 
- 1999 – 1o Mundial Júnior (Até 18 anos) – Tóquio/Japão 
- 2000 – 5o Campeonato Sul-americano – Pirapó/Paraguai 
- 2003 – Classificado, mas o Mundial foi cancelado 
- 2004 – 12o Campeonato Mundial – Riesa/Alemanha 
- 2005 – 10o Campeonato Sul-americano – Pirapó/Paraguai 
- 2007 – 15º Campeonato Mundial – Chiang Mai/Tailândia 
- 2008 – 16º Campeonato Mundial – Rakvere/Estônia 
- 2009 – 8º World Games – Kaohsiung/Taiwan 
- 2009 – 14º Campeonato Sul-americano – Buenos Aires/Argentina
- 2010 - 1º SportAccord Combat Games - Pequim/República Popular da China
- 2010 - 17º Campeonato Mundial - Varsóvia/Polônia
- 2011 - Classificado, mas o Mundial foi cancelado 
- 2012 - 18º Campeonato Mundial - Hong Kong/República Popular da China
- 2014 - 19º Campeonato Mundial - Kaohsiung/Taiwan

Participações na Seleção Brasileira de Sumo como Técnico:
- 2013 - 9º World Games - Cali/Colômbia
- 2014 - 18º Campeonato Sulamericano - São Paulo/Brasil (eleito melhor técnico) 

Outras atividades:
Vice-presidente da Confederação Brasileira de Sumo na gestão 2011/2014
Vice-presidente da Confederação Brasileira de Sumo na gestão 2015/2019 
Um dos fundadores da equipe de Sumo do Rio de Janeiro
Presidente mundial do comitê de atletas na gestão 2014/2015

No primeiro dohyo do Bom Retiro. 1990

Algum campeonato mirim, 1989


Delegação que foi visitar o Japão em 1992

Seleção Brasileira Juvenil, 1999

Terceiro lugar individual no 1º mundial juvenil em Tóquio, 1999

Campeonato Sulamericano de Sumo, 2005, no Paraguai. Contra Sebastian Videla.

Disputa final do Brasileirão 2003, em Atibaia, contra Cláudio Ikemori.

Vendendo camisetas para arrecadar fundos para a Seleção Brasileira de Sumo, 2007

Seleção Brasileira de Sumo, 2007

Treino na Argentina, 2007

Apresentação em Mogi das Cruzes, 2008

Apresentação de Sumo no SESC Ribeirão Preto, 2008

Apresentação de Sumo no SESC Bauru, 2008

Seleção Brasileira de Sumo 2008

Com Dan Kalbfleisch, o campeão norte-americano, durante o mundial da Estônia em 2008

Com a Seleção Brasileira Juvenil em 2008, que conquistou a terceira colocação. Uma das maiores alegrias da minha vida.

Apresentação de Sumo para jovens da Fundação CASA, 2009

Apresentação da Seleção Brasileira com atletas paraguaios, uruguaios e argentinos na famosa Calle Florida em Buenos Aires, 2009
Campeão brasileiro em 2011



8 comentários:

Katho 713 disse...

Meu nome e Caio e estudo em Curitiba. Atualmente estou fazendo um trabalho para a escola que possui como tema o sumo. No entanto, como o esporte nao e muito conhecido no Brasil, tenho tido dificuldade em encontrar alguma fonte confiavel sobre o historico do esporte e tambem seus golpes e exercicios feitos durante uma aula para iniciantes. Gostaria de saber se o senhor poderia me ajudar com algo como o historico ou indicando (caso saiba) o endereco de uma escola em Curitiba-PR. Agradecido Caio

Anônimo disse...

olha cara, acho esses caras do uol uns putas tendenciosos. mas enfim, admirei muito seu trabalho, e voce já é um vencedor. mas vamos falar de grana; vc já ouviu falar em crowdfunding??? pesquise isso no google, e acho que um dos melhores sites para vc é o catarse.me . estude isso, faça uma campanha, e acho que vc conseguirá melhores resultados em seu objetivo de ir para a china, sem precisar desses bostas do uol.

não vou me identificar, mas sou um estudante de pós graduação de uma grande faculdade de são paulo. e estou bebado, rs, ms estou sendo sincero, rs

Fernanda Freitas disse...

Olá... Estou fazendo um trabalho de educação fisica e gostaria de saber se poderia me dar alguma indicação de exercícios realizados e educativos dentro da periodização para uma competição.

Muito obrigada,

Fernanda

Anônimo disse...

OLá boa noite! Sou produtora de figurino e estou desesperada para comprar o traje que usam na luta de sumô. A filmagem será segunda-feira e já procurei em vários sites, contatos para saber onde consigo o mawashi. Por favor, onde consigo? Obrigada, Mara - mara.sstort@gmail.com

TAKA disse...

Olá,
Obrigado pelo recado deixado no blog.

Primeiramente o mawashi é algo bastante pessoal e tratado como um artigo bastante importante.

Não sei como ele possa ser utilizado fora de uma luta de Sumo sem desrespeitar crenças, costumes e a cultura de um povo.
Não sei do que se trata tal gravação e pela minha experiência geralmente é alguma palhaçada ou algo degradante.

É por isso não tenho interesse algum em ajudar a encontrar ou fornecer um Mawashi.

Agradeço a compreensão.

Anônimo disse...

boa taka

SumoLover disse...

Que resposta mais grosseira e desrespeitosa . . . ainda mais vinda de um representante de tal modalidade; ele próprio diz que não sabe qual o propósito da "tal" gravação e porque procuram o "mawashi" , logo, nunca deveria ter respondido de maneira tão precipitada. Aliás, consegue deixar um péssimo exemplo aos poucos seguidores do sumô Brasil afora. E por fim perde uma grande chance de permitir, quem sabe, maior divulgação do sumô. Para a produtora em questão, sugiro que busque outro sumotori, um outro que seja mais esclarecido.

TAKA disse...

Caro SumoLover,

Primeiramente, obrigado pela visita e por sua impressão!

Não sei onde é que fui grosseiro. Ser educado é dizer "sim" sempre? Que vantagem existe em dizer "sim" a alguém que não se deu ao trabalho de pesquisar o que é um mawashi e o confunde com uma peça qualquer do vestuário?

Sou cozinheiro. Quando me pedem para fazer um banquete ou evento, a primeira coisa que verifico é se existem restrições alimentares dentre os comensais. Ora, a mínima preocupação de um profissional deve ser pesquisar sobre o trabalho que vai fazer. Pedir para utilizar um mawashi para encenar palhaçadas é como servir um pé de porco numa reunião islâmica. É o tipo do erro tosco que poderia vir de um amador qualquer. Não de um profissional.

Quando digo que o Mawashi é de uso personalíssimo, significa que meus órgãos genitais tocam o mawashi. Não é bacana emprestá-lo, right? Fora isso, ele é instrumento do Sumo, que não é uma luta qualquer. Tem tradição, cultura, religiosidade... enfim, que conta a história de um povo e tem importância imensurável para nós.

Quanto a "precipitar"... Uma leitura atenta de minha resposta mostra que eu justifiquei minha impressão pela minha experiência. São 25 anos de prática ininterrupta do esporte. Treino, divulgação e ensino do Sumo.

E minha suspeita se concretizou (como em praticamente 100% das vezes...): o resultado foi uma propaganda degradante da Antarctica Sub-zero, que trata o lutador de Sumo como um gordão horrível na praia e, o pior, faz ligação da massoterapia ao sexo (não preciso nem falar que as profissionais de massoterapia sofrem com esse tipo de babaquice). Procure no YouTube e tire suas próprias conclusões.

Concordo entretanto que talvez já tenha perdido muita oportunidade de divulgar o Sumo. Já deveria ter percebido que no país do carnaval, do jeitinho, da piada escancarada e sem graça, do humor pouco inteligente, da obviedade do duplo sentido... a forma de divulgar e promover qualquer coisa é por aí mesmo. Eu deveria ter aceitado ficar sentado de mawashi num sofá gigante dizendo gugu-dadá no Programa do Didi ou aparecido pulando corda num poster de um extinto restaurante espanhol em São Paulo com a inscrição: "Nem todo japonês é saudável, aprecie a saudavel cozinha espanhola".

Tenho certeza absoluta que não sou um cara esclarecido. Por outro lado tenho princípios firmes. E o resultado dessa inflexibilidade é que tenho conseguido atrair profissionais sérios e competentes, divulgando o melhor do Sumo, da cultura japonesa e do mundo nikkei do Brasil. Fizemos gravações lindas para a TV FUTURA, GLOBO, BANDEIRANTES, TV ÉPOCA, TV FOLHA, etc.

Ontem mesmo saiu uma reportagem fantástica na Folha de São Paulo sobre o trabalho de Cida Lima em Guaianazes. Estamos conseguindo mostrar o melhor do Sumo. E é isso que importa.

Talvez eu não seja o melhor exemplo a ser seguido e sim, há poucos que seguem o Sumo no Brasil e este blog, mas tenho certeza que somente os melhores estão a minha volta.